20 de mai de 2013

Amor Distante

Amor Distante




Eu penso em ti quando uma lágrima cai do céu,
Em forma de chuva, ela desce solitária

Como um abandono.

Eu penso em ti quando o vento traz uma risada
Solta no ar
E ainda penso em ti, quando os meus pensamentos fogem ao leve vento
A tua imagem me chega, como um retrato guardado
Onde as lembranças estão no papel amarelado
Pelo tempo.
Tua voz me chega, como um concerto de muitas vozes
Uma linda melodia
Ou ainda te ouço em pleno silêncio, num deserto distante.
Ainda assim te escuto em meu pensamento
E mesmo distante, te sinto perto e me pergunto
Se vou te ter perto de mim.


[Betânia Uchôa]