19 de dez de 2011

Os prós e os contras de ser amante

Entenda por que algumas mulheres aceitam ser "a outra" e veja como sair de uma situação assim


Aceitar ou não ser a outra?
Quando uma mulher se apaixona por um homem comprometido, de cara, tem que aceitar uma espécie de contrato: aceitar ou não ser a amante. "Pela minha experiência, as que se negam de imediato têm mais chance de ficar com o amado. As que dizem sim, na esperança de que um dia mudarão a situação, viram mesmo a segunda opção", diz a psicóloga Claudia Guglieri.

Se a mulher só quiser mesmo diversão, não terá grandes conflitos nessa hora. Mas se sonha com uma relação estável, a coisa complica. "Quando ambos estão satisfeitos, tudo bem. E se há expectativas frustradas, uma das partes sofrerá", assinala.

O lado bom e o ruim de ser amante
"Quando uma mulher aceita sair com um homem comprometido sabe dos prós e contras", diz Marcelo Puglia, autor de "Mulheres que se Apaixonam por Homens Comprometidos” (Ed. Madras, R$ 24,90). Cabe a ela avaliar o quanto isso pesará na sua vida emocional.

Prós
- independência
- possibilidade de sair com outros
- pouca ou nenhuma discussão, só divide os momentos bons
- comodismo, devido à falta de expectativas

Contras
- não pode telefonar quando quer
- não passa datas importantes ao lado do amado
- finais de semana solitários
- encontros clandestinos
- sofrer preconceito social

Por que elas vão atrás de homens casados?
Sexo
Muitas só querem mesmo saber "daquilo". Elas podem até ter outros parceiros também, mas adoram um casadão "bom de cama".

Solidão
Neste grupo estão as solitárias ou as que vivem relações frustradas. Ela busca no novo parceiro a atenção e o carinho. Não importa se o cara é casado ou não.

Defesa
São aquelas que optam por uma relação "impossível", porque já sabem que será difícil levá-la para frente. O motivo? O medo de se envolver, amar e sofrer.

Virilidade
Algumas creem que casados são melhores no sexo. Uma pesquisa americana revelou que eles são quatro vezes mais atraentes para as mulheres do que os solteiros.

Traumas
As que já passaram por uma relação infeliz, com pais ou amigos, creem que parcerias são assim mesmo, deficientes. E se conformam em embarcar em outras.

E a esposa dele?
Muitas amantes acham que a esposa é a verdadeira "outra", rotulando-a como submissa, covarde e até perversa. "A outra é a que não tem o amor e desejo do parceiro. O real, para elas, é o sentimento entre os amantes", diz a antropóloga Mirian Goldenberg, autora de "A Outra" (Ed. Edições BestBolso, R$ 9,90).

Há também as que sentem culpa e até solidariedade para com a traída. Mas, tal compaixão não abala sua consciência quando está com o parceiro: viver este amor vence o remorso.

A hora de dizer chega
Quem sofre no papel de amante vive a fantasia de que um dia será a parceira oficial de seu amado. Por isso, romper o sonho é o primeiro passo para se libertar do problema.

"Ao se recusar a prosseguir em tal posição, a vida melhorará. Seja porque forçará o homem a tomar uma decisão, que pode ser a de ficar com ela, seja porque, caso ele opte pela esposa, ela estará livre para viver uma relação de verdade", diz Claudia.


Por: Paula Aftimus
Fonte: VIVA!MAIS

18 de nov de 2011

Os cinco tipos mais comuns de amantes.

A PREDADORA
Ela não quer compromisso. Livre, leve e solta, é boa de cama, gosta de sexo e sabe o que quer! Embora seja um sonho de consumo para os homens, você corre o risco de se entusiasmar com tanto libido e achar que ela é o que sempre quis na vida. É nesse momento que ela vai fazer o que quiser com você, inclusive a fila andar. Ela é o tipo ideal pra ser a outra, mas saiba aproveitar o sexo sem o envolvimento.



A INSEGURA
Ela não teve muitos namorados, já oi a outra, várias vezes e anda com um bando de solteiras. Ela sabe que você não é pra casar, mas é o que tem pra hoje! Dona de uma auto-estima lamentável ela é do tipo que se apega. E é ai que você se dá mal. O que parecia uma transa rápida vira uma obsessão fatal por parte dela. Tenha cuidado com esse tipo, não dê seus contatos e desapareça depois.




A ILUDIDA
Ingênua, ela acredita em tudo o que você diz... Desde a falta de grana para se divorciar até sua falta de sexo com a mulher! Aqui você encontra uma pessoa sempre disponível e disposta. Quem comanda o espetáculo é você. No começo pode até parecer bom, mas em pouco tempo você estará mais entediado que porteiro noturno e cuidado! A iludida pode se transformar em sonhadora e se você tentar escapar repentinamente vai ter dor de cabeça.




A SONHADORA
Se aplica nas características da iludida, mas com um porém, ela entra nos méritos de querer ser sua esposa, acredita que por ter um caso com você logo se tornará a oficial e começa a fazer planos pra casar com você, ter filhos e blá blá blá! Cuidado! Não cumprir o que prometeu pode levar a graves consequências ao reconhecer este tipo deixe bem claro suas intenções.





A COMPETITIVA
Ela gosta de ouvir de suas frustrações domésticas e se sente poderosa por ser a outra! Enquanto você passar "as tardes de sábado" com ela tudo bem. Mas, no seu primeiro sinal de desencantamento com a oficial, ela colocará as garras de fora e esse tipo não sabe perder.




Fonte: Testosterona

20 de out de 2011

Aprenda a possuir-me...





Sou caça labiosa, gostosa, tentadora... Jugulo-me em caça e sou raça charmosa, sedosa, fogosa... Meu olhar confronta, afronta e meu cio confunde; meu corpo provoca e meu poema seduz; minha boca chama e afasta... Não sabes se meu não é meu sim. Se me pensas presa, solto-me; se me escorregas pego-te preso e teso, por inteiro, nas rimas do meu pecado.

Confundo-te todo, é parte do meu show...

Se tanto fujo do teu beijo é porque me quebro e requebro à troca de salivas... Não te sei beijar e deixar; se beijo, enveneno-me; se beijo, fico em ti... Por tal razão, mostro-te minha língua, esfolo-te a fantasia, mas permaneço solta a desafiar-te a prisão...

Confundo-te todo, é parte do meu show...

Ah! Mas se fores paciente, labioso, gostoso, tentador... de caça caço-te e faço-te charmoso, sedoso, fogoso, entrego-me com jeito ao teu beijo, rendo-me ao teu canto e transmuto em encanto... Confesso-te meus ais e dou-te as fendas todas do meu corpo, só por ouvir teu amor.

Não te sou tua em vulga paixão, pois minha sedução não é jogo barato de vou e não vou, de vem e não vem... É cio de fera em tesão, é deleite de fêmea em amor e paixão! Se me queres ter - enlouquecida - na redoma dos teus braços, preencha esse processo louco, pois de caça a caçadora serei conquista, que morre aos teus pés, que renasce aos teus beijos... e satisfaz teus desejos o tempo todo, indescritivelmente...

Aprenda a possuir-me... por amor...

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz


Sou caçador talentoso... Olho, vislumbro, espreito esperto... Miro no peito e acerto. Meu alvo é sempre o coração porque sou movido à paixão. Lambo os lábios à espera da presa indefesa?

Minha gula à jugular procura... Salivo meus lábios se o olhar é de soslaio... Aí é que aumenta a excitação pelo sim ou pelo não, vou até pela contramão com o fito objetivo de apanhar-lhe pelo sutiã, calcinha ou combinação... Tocando nas partes protuberantes que dançam ao toque da música portenha, em meus dedos ébrios, da melhor emoção, traço assim meus rabiscos em tua direção.

Deixo-me confundir para ganhar a tua atenção.

E é bem ai nesse vai e vem pendular de aparente indiferença, que cresce de volume o que estava encolhidinho... Minha sede, fome e loucura, parafuso labial... Tudo difuso e confuso se veste dos mais intensos desejos, na busca da transmutação dos corpos e da mente, focado tão somente, no teu escalpo e em grudar-lhe na pele aveludada. A identidade felina transparece nas masmorras de meu instinto selvagem.

E mergulho fundo no bailado desse emaranhado...

A paciência é minha ciência... Fruto da essência do amor sedutor que vai devagarzinho até deixar a presa molinha entregue ao fascínio do corpo em desalinho, no requebrado mansinho... Sensual e ritmado configurando um espetáculo raro

Pegando firme em teu dorso esguio e apalpando até a alma com a calma de quem sabe que a sincronia da chama, a tudo inflama e que depois compõe no pentagrama da cama em lençóis de cetim o frenesi do gozo mais gostoso e estonteante.

E é bem aí que toda palavra cai ao chão, torna-se vã e a pele fala mais alto pelos murmúrios e sussurros que saem do sopro nascido lá das profundezas mais profundas do corpo em transe e em ebulição.

Dissipam-se as dúvidas quando a musa, diva, ninfeta, deusa das letras, se auto-enuncia na alcova, no palco iluminado por onde se ajoelham seus súditos travestidos de caçadores, mas inconfessos admiradores, desse poder sobrenatural do Amor e da Paz (PEAPAZ), com a inocência saudável sutil e refinada do melhor humor.

Aprenda a possuir-me...
Na doação e recepção suprema do amor!


[Duo: Silvia Mota e Hildebrando Menezes]

18 de out de 2011

Pedaço de ti... tudo de mim

Pedaço de ti... tudo de mim

Se me deixar teus olhos,
sentirei tua ternura,
brilhando como as estrelas
Se houver lágrimas,
as secarei gentilmente,
como a brisa a te acariciar,
para sentir fortemente
todo amor que posso dar

Se ficar teus braços,
neles me alojarei,
sentindo o conforto,
do abrigo encontrado,
do abraço apertado
para sempre lembrar.
Tuas mãos inclinadas
teu toque suave,
com carinho tatuado,
meu peito marcando,
minha’lma tocando,
como a flauta a soar.

Se me deixar tua boca
teu sorriso será meu tesouro
Se ficar teus cabelos,
acariciarei para que adormeça.
Se me deixar tua voz,
dela farei meu caminho.
Que segurei junto a ti
sem receio de que vás partir
Se ficar o silêncio
celebraremos momentos,
onde gritos de alegria,
ecoou no firmamento

Se ficar tuas pegadas,
dela farei minha estrada,
onde buscarei,
pedaço de ti,
tudo de mim.

[Fernanda Queiroz]

12 de set de 2011

LAT - Living Apart Together

LAT - Living Apart Together (Vivendo Juntos Separados)
A expressão é usada para casais que vivem em casas separadas! A tendência ganhou força a partir da década de 90 na Europa, e hoje, na Inglaterra, um em cada 20 casais não divide o mesmo teto.

Como pode ser casado e não viver com seu parceiro?
Isso parece muito complicado!

Mas quem falou que o amor é uma coisa simples?

Essas pessoas chamadas LAT's disseram:

SIM ao compromisso,












SIM ao amor de longa duração,












mas NÃO a viverem juntos.












Os LAT's consideram emocionante a ideia de que eles tenham doi
s espaços próprios em casas diferentes que lhes proporcionem diversas alternativas.
Esse modelo de vida nunca substituíra a tradicional e clássica família, portanto é uma boa opção para os casais que se amam e não conseguem conviverem juntos.




Mas todos são LAT’s por opção? Quem é que faz parte dessa nova tendência?
Infelizmente nem todos são LAT’s por decisão própria, muitos deles, mais comum entre os jovens, veem como um problema temporário, enquanto a sua situação econômica se
estabeleça. Por outro lado, existem outras pessoas que não querem tornar-se LAT, mas a decisão de viver em casas separadas foi tomada apenas por um dos envolvidos. No entanto, a maioria destes são LAT’s por decisão unânime sem mudar no futuro; muitas vezes, por terem tido uma má experiência coabitacional no passado, ou a simples ideia de não partilhar o dia a dia de modo que este não torne o relacionamento em monotonia.


E onde ficam os filhos nesse tipo de relacionamento?
Para os filhos sem sobra de dúvidas o relacionamento entre seus pais é o compromisso de
amor que tem entre eles, e a ideia de não haver coabitação, não afeta o seu crescimento e educação. Assim, os pais são felizes, decorando seu imóvel com o seu próprio gosto, dedicando o tempo para o trabalho ou atividades como do lazer da maneira que desejarem, sem ter que pedir autorização ou pensar sobre o outro, também sem compartilhar problemas do cotidiano ou mudanças de humor que acarretam aos desacordos. Toda a ideia desta nova família digna de um lifestyle, digamos que em termos religiosos e outros pilares haverá uma desconfiguração de família tradicional. Quando as pessoas se divorciam com crianças, assim termina o curso de adultos também em casas separadas e as crianças são forçados a viver em dois lugares em vez de um lugar, porem com uma diferença, de que entre esse casal ainda existe o amor.

Na Inglaterra um casal de peso é adepto a esse tipo de relação, nada mais nada menos que o prefeito e a primeira-dama de Londres: Boris e Marina Josnson vivem em apartamentos separados. Ele vive em um apartamento alugado há poucas quadras da casa dela. Outro famoso casal londrino que vive separado é Tim Burton e Helena Bonham Carter o diretor e a rainha de copas do filme Alice no Pais Das Maravilhas, eles compraram três casas e as interligarão, mas cada um tem o seu próprio lar um para Burton outro para Helena e a terceira casa para os filhos do casal que moram com a baba, segundo a atriz o marido ronca e também sofre de insonia, por isso assiste TV até tarde enquanto ela prefere dormir mais cedo. Surgiu também comentários sobre o casal de atores Brad Pitt e Angelina Jollie, que na enorme mansão em Long Island ele estaria morando na casa principal enquanto Angelina estaria em um dos anexos.

Aqui no Brasil temos alguns conhecidos casais que se destacam nesse tipo de relacionamento. Um casal de atores brasileiros - Mauro Mendonça e Rosa Maria Murtinho, eles são casados há cinquenta anos, porém vivem em casas diferentes, separadas apenas por uma piscina, a cantora Rita Lee e o músico Roberto de Carvalho que estão juntos a mais de trinta anos também não dividem o mesmo teto. Esses casais garantem que morar em casas separadas podem ajudar a manter a chama do amor acessa.

Aparentemente, a razão do grande êxito nesses relacionamentos é viverem em casas separadas, podendo assim compartilharem os seus sentimentos, sem o compromisso de tempo ou espaço, e também sem abrir mão de sua liberdade. Uma interessante opção nos dias atuais, onde cada dia que passa aumenta os adeptos a individualidade e o compromisso acaba se tornando um monstro, que pode comprometer e destruir a alegria e o amor.

Fontes: Rua De Baixo, Gurias De Quinta e Adaptação Básica

8 de set de 2011

Algumas posições sexuais que turbinam o prazer

As melhores posições do Kama Sutra divididas em três estágios de dificuldade


Foto: Getty Images

Kama Sutra é um texto indiano que aborda o comportamento sexual e ilustra várias posições de sexo

Se você adora inovações apimentadas na vida a dois, precisa conhecer melhor um tradicional livro indiano chamado Kama Sutra. Festejado como o pai das enciclopédias sexuais, o danado inspirou - e inspira! - centenas de publicações na mesma linha.

A mais nova delas, Kama Sutra - As 101 Posições Mais Sensuais, de Alicia Gallotti, elege as melhores formas de protagonizar uma transa quente. Veja algumas posições sexuais abaixo!

Posições fáceis



Desafio sugestivo



A posição
Deite-se de barriga para cima e abra as pernas. O gato se ajoelha entre elas e senta-se nos próprios calcanhares. Ajeite suas pernas sobre as coxas dele.

Divirta-se!
Diga ao moço para segurar seu bumbum e puxá-la para perto, provocando-a antes da penetração - tocando seu clitóris ou passando o pênis pelos grandes lábios. Quando estiverem em ponto de bala, ele a penetra. Para esquentar mais, masturbe-se enquanto ele controla os movimentos.



Os vaga-lumes




A posição
Ele se ajoelha diante de você, que estará com as costas no colchão e os joelhos flexionados. Ele pega em seu bumbum e levanta suas pernas. Em seguida, a penetra pelo ânus.

Divirta-se!
Diga a ele para manter uma das mãos em sua cintura e levar a outra ao clitóris, aumentando ainda mais a excitação da sua vagina. O toque pode, ainda, ser intensificado à medida em que acelerar o ritmo da penetração. Não perca tempo: indique a ele como quer ser estimulada, mostrando com sussurros e gemidos como está gostando!

Dueto vulcânico



A posição
Sentem-se de frente um para o outro - ele com as pernas abertas e você com as suas sobre as dele. Agora, inclinem os corpos para trás e se apoiem na palma das mãos. Para a penetração, impulsionem as nádegas para frente, indo em direção ao outro.

Divirta-se!
Para que ambos gozem, devem encontrar um ritmo constante durante a penetração. Você pode, inclusive, tentar outros movimentos, como ''rebolar'' o quadril.

Posições intermediárias



O escravo



A posição
De barriga para cima, ele se deita com as pernas fechadas e estendidas. Agora, sente-se sobre o pênis, encaixando-o na vagina, de forma que seus joelhos estejam flexionados e seus pés próximos às orelhas do gato. Para ficar firme, apoie as mãos nas coxas dele; é o rapaz quem controla os movimentos.

Divirta-se!
Nesta posição, ele pode beijar suas pernas e acariciar sua vagina! Bônus: como você está com as pernas pouco abertas, os músculos vaginais tocam o pênis com intensidade e potencializam o tesão!

Natureza indomada



A posição
Deitada de costas, gire o quadril à medida em que o parceiro, ajoelhado, se encaixa entre suas pernas. Para facilitar a penetração, ponha uma perna sobre a coxa dele.

Divirta-se!
Enquanto o gato controla o delicioso vai e vem, você ainda pode acariciar a base do pênis dele com suavidade. Com a outra mão, sinta-se à vontade para se masturbar! Ele também pode tocar seus seios durante a transa. Nesta posição, a penetração é bem profunda e você sente muitos pontos estimulados, o que facilita o prazer.

Ardente sedução



A posição
Sente-se sobre o parceiro, que está deitado de costas. Ele deve apoiar o corpo sobre os antebraços, mantendo o tronco levemente no alto. Enquanto isso, você se joga para trás e mantém as pernas abertas ao lado do corpo do parceiro. Apoie-se nas duas mãos para ficar firme na penetração.

Divirta-se!
Ao encontrar o equilíbrio, movimente os quadris como quiser. Ele, que estará com uma das mãos livre, pode tocá-la com os dedos ou com a palma da mão, masturbando-a durante o sexo.

Posições difíceis



A ilha




A posição
Deixe o rapaz deitado de costas, com joelhos flexionados. Ele apoia os calcanhares para mover o quadril. Sente-se sobre o pênis, encaixando-o na vagina. Então, abra as pernas, dobre os joelhos e deite-se, apoiando os pés ao lado do corpo dele.

Divirta-se!
Por estar com as mãos livres, você pode movimentá-las em nome do prazer. Toque seus seios, clitóris e acaricie os testículos dele. O gato também pode explorar seu corpo todinho enquanto dita o ritmo da transa, erguendo e abaixando o quadril.

As anêmonas



A posição
Com a cabeça e os ombros erguidos, ele se deita com as costas apoiadas num travesseiro. Você, então, deita por cima, mas com a cabeça na direção dos pés dele. Agora, abra as pernas, apoiando-as ao lado do corpo dele. Assim, poderá ser penetrada lentamente.

Divirta-se!
Aproveite estA posição - para explorar outras partes do corpo do maridão, como pernas, tornozelo, pés... Ele, que segura seu bumbum neste momento, tem a chance de explorar seu períneo - área entre o ânus e a vagina - com as mãos.

Sutil harmonia



A posição
Oriente o gato a deitar-se de costas, deixar as pernas um pouco abertas e flexionar os joelhos em direção ao peito. Então, abra suas pernas, colocando-as entre o quadril dele. Agora, desça até a penetração ocorrer. Segure as mãos do parceiro, que estarão apoiadas em seu bumbum.

Divirta-se!
Assuma o comando, pois a liberdade de movimentos é sua! Mexa-se com suavidade, aproveitando os prazeres desta posição. Peça ao gato que alterne as carícias entre seus seios, mamilos, coxas e clitóris.

Conteúdo do site VIVA!MAIS

1 de set de 2011

Ousada moda masculina

Algumas tendências que para alguns pode parecer ser estranho...
Maquiagem para homem
Se a tendência lançada por designers parece estranho. A moda para os homens parece mais inspirada na moda das mulheres.Os homens invadem o mundo da moda e da beleza, agora estão cuidando mais dos cabelos, pele e vestuário.
O antigo machão atualmente se preocupa com saúde e estética.

Se você já viu o tipo machista, como o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, você pode seguir os seus passos e aplicar o "guyliner", uma linha de lápis em torno ou sobre os olhos. Berlusconi optou por colocar o lápis branco sob os olhos, só para alegrar seus olhos como o flash de luzes. Mas podemos escolher o lápis preto, marrom ou outra cor. Tendência metrossexual, mas aparentemente ele não afeta a virilidade nos homens.


O mercado da beleza está apostando na revolução dos metrossexuais. Um exemplo é linha de maquiagem com produtos for men de Jean Paul Gaultier com: lápis, cílios, bronzeadores e outros produtos exclusivos para homens.



Sem utilizar eyeliner Adam Lamber não passaria metade da atração e beleza que existe em seu olhar. Sabe-se que, Adam Lamberti é notado como gay o que torna difícil fazê-lo garoto-propaganda para os homens heterossexuais que normalmente ficam aterrorizados em ser confundido como ser “gay”. Quanto às mulheres adoram Adam Lamberti e tem bastantes senhoras que não acreditam na orientação de Adam.

Se você é um homem e está preparado para destacar seus olhos com eyeliner (líquido ou lápis) essa é a hora. Isso requer pouco tempo comece com um toque fino e leve tomando o devido cuidado para não contornar todo seu globo ocular. Você vai descobrir que fica mais misterioso mais interessante e mais contemporâneo que seus pares que não utilizam maquiagem.

Se Adam Lambert usa um monte de Eyeliner e se Silvio Berlusconi usa. So Can You!
O Mankini
O Mankini é uma peça masculina usada pelo Baron Cohen Sacha personagem Borat Cultural Learnings Of America Para Fazer Benefício Glorioso Nação do Cazaquistão. O Mankini resulta de um processo de design desenvolvido com o intuito de tudo "ficar à mostra". Com certeza vai atrair as atenções! Para reforçar o efeito, escolhou-se uma cor flashy, o verde fluorescente, não sendo apenas para ir à praia. É a indumentária ideal e perfeitamente indicada para uma festa de despedida de solteiros ou um momento de pura loucura e brincadeira entre amigos.
Das praias do Cazaquistão para as passarelas de Milão, o Mankini finalmente encontrou seu caminho em alta moda.
Nessa inspiração o estilista britânico Alexander McQueen enviou este modelo de swimsuit para os bravos homens na frente das multidões de Milan Fashion Week.








Meias calças e Calças justas



Ao contrario dos que muitos pensam a meia calça era de exclusividade dos homens. Criadas na Mesopotâmia, elas eram especificamente dos soldados, invadiu o guarda-roupa feminino e por lá ficou.
Uma "modinha" que surgiu desde 2007 foi a do homem
(voltar a) usar meia calça. Na França, a marca Gerbe, que nasceu em 2007, oferece uma linha de meia-calça para homens. Para a estética e conforto fornecem várias opções aos clientes os nylons, os homens collants opacos, cetim ou "véu". A marca se destina a masculinidade, casual, urbano e confortável.



Na sua campanha de tempos atrás trouxe até um modelo vestindo e fazendo cara de "I'm so Fhasion''.

Lojas ainda vendem adesivos projetados especificamente para os homens, e não têm nada a ver com o fetiche! Agora, já podemos ver, em vários outros países. Além de serem muito elegantes, protegem do frio. Eles criaram também uma coleção de meias três - quarto, que estimulam a circulação sanguínea.

O homem está cada vez mais moderno prova disso são as imensas tendências que nascem em passarelas e até nas ruas. Umas são bem digeríveis e outras nem tanto.
Nas passarelas, elas já apareceram nos desfiles de inverno e agora também no verão
Sempre pretas e por debaixo de bermudas de alfaiataria. E não é de se espantar, pois a marca trouxe até modelos bem diferentes.
Jeggings para homens
Jegging nada mais é que um jeans com uma com bastante elastano pra ficar super justa, a diferença das femininas é que as masculinas possuem bolsos de verdade (nas femininas o bolso é falso).

As jeggings masculinas foram muito vistas nas semanas de moda lá fora desse ano. Ainda tem uma coisa: como usar? quem pode usar? isso é questão de coerência, se você é gordones não rola, pois a jegging é praticamente anatômica, falando em formato anatômico, é bom lembrar que pra usar uma calça dessas é preciso segurar bilau! Ninguém precisa ver certos detalhes, use com uma cueca justa como por exemplo essas com modelagem de sunga em visco-lycra.



A saia
Que a moda masculina invadiu o guarda-roupa feminino nós já sabemos. A camisa, o colete e a calça de alfaiataria típica dos homens fazem sucesso entre as mulheres e não parece nada extravagante. Mas o contrário também parece estar próximo de acontecer e o mais recente exemplo é a saia para homens.

O maior adepto do modelito (e já faz algum tempo) é o estilista e designer Marc Jacobs criou vários modelos de saias para homens e ele está orgulhoso de si mesmo como evidenciado na foto .O estilista transformou a tal “saia masculina” praticamente em seu uniforme e parece não se importar em repetir a roupa.









Para defender o direito dos homens a vestir uma saia, a cadeia de lojas H & M também propuseram uma saia para homens em sua coleção. Por enquanto, a saia é até o joelho, então nada de mini! Os modelitos também invadiram passarelas internacionais.
Veja só:
Como toda novidade do mundo da moda certamente terá adeptos e críticos.

Rendas e transparência para homens









A camisa transparente Criações de Jean-Paul Gauthier através do ator Jude Law (foto)






E com o verão, podemos ver mais e mais homens vestindo como uma peça de vestuário que se destina sexy.
Mas será que realmente queremos ver emergir através do tecido, mamilos, barriga e ou.
Se você acha que essa moda se limita apenas as mulheres, então pense novamente.Os homens estão nas passarelas usando camisas de renda sensuais que foram quase transparente.

João Pimenta Verão 2012


João Pimenta apresentou um verão cheio de cor e novidades para o armário masculino. Os modelos desfilaram pantalonas, blazers, e macacões ao som de David Bowie (musa eterna do Modismo). Entre as novidades estavam os trench coats com rabos de saias colãs bordados com lã e cristais formando uma espécie de ‘body art’. Uma das influências marcantes foi a vestimenta japonesa que figurou nos cintos e kimonos. Sarjas, organza, tafetá e cetim foram escolhidos para criar a silhueta larga e esvoaçante da grife.

Fotos: Antonia Dornelles
Fontes:http://www.news.com.auhttp://www.modismonet.comhttp://entretenimento.r7.comhttp://styledevie.ca.msn.com
http://ehatreva.blogspot.comhttp://www.garotodegrife.comhttp://www.fashionbubbles.comhttp://hopealexander.hubpages.com

27 de ago de 2011

Até onde você iria no primeiro encontro?

Foi com esta pergunta que o site de relacionamentos inglês FreeDating.co.uk, após pesquisar a opinião dos cerca de 10 mil membros, traçou o perfil das mulheres e homens mais adeptos a transar na primeira vez que sai com o par. O estudo constatou que quatro em seis homens são mais propensos ao sexo no primeiro encontro contra uma de seis mulheres. Confira a seguir detalhes da pesquisa.

O estudo concluiu que as mulheres gordas ou altas são mais dispostas a ir para a cama na primeira vez do que as mais baixas e magras. Os homens magros, acima do peso e gordos ficaram no mesmo nível de propensão. No entanto, os com porte atlético foram classificados como mais abertos ao sexo no primeiro encontro. A seguinte descoberta pode não agradar às esposas, mas os homens casados se mostraram mais predispostos ao ato sexual na primeira saída do que os solteiros.

De acordo com a pesquisa, mulheres que bebem, têm interesse em carros e frequentam bares estão mais inclinadas a fazer sexo no primeiro encontro. O público feminino com baixa escolaridade ficou como mais tendente ao ato sexual no primeiro dia com o parceiro, ao contrário dos homens, que quanto mais escolarizados, mais propensos estão a transar no primeiro encontro.

As mulheres mais jovens, menores de 25 anos, têm mais probabilidade de fazer sexo no primeiro programa com o par do que as mais velhas. Já os homens de 30 e poucos anos estão mais abertos à transa no primeiro encontro do que os na faixa etária dos 20 anos, segundo o estudo.

A pesquisa também descobriu que 14,5% dos homens com idades entre 25 e 29 anos fariam tudo na primeira saída com a mulher, mesmo sem gostar da parceira. Já os com idade entre 18 e 24 anos somaram 10% e os na faixa de 30 a 39 anos, 11,5%.

Para obter o resultado, a pesquisa enviou a pergunta “Até onde você iria no primeiro encontro?” aos 10 mil membros do site de relacionamento e ofereceu respostas desde “nenhum contato físico” à “até o fim”. Em seguida, foram analisados os dados do perfil de cada usuário, em comparação com a resposta dada por cada um. Fonte: Terra

23 de ago de 2011

Asas e censuras

Imagem: Pintura de Ana Luisa Kaminski

...Poderias, porventura, me recriminar
pela profundidade da ternura
que palpita em ondas de saudade insistente?...

...E, acaso, deverias me acusar
pela plenitude da entrega, inteira,
por ofertar a ti meu coração, sem reservas?...

...Poderias, será, me censurar
pela completa e integral confiança
depositada em ti, alma amada, alada e aflita?...

...Poderia eu te repreender, amor,
por teres te atrevido a voar mais longe
mais livre e desejante de aventuras?...


...Deveria eu te criticar, meu bem,
pela intensidade móvel e complexa
dos coloridos entrelaçamentos de amores?...

...Poderia eu reclamar, minha doçura,
de tuas asperezas e ausências, apenas
porque prefiro doçura e aconchego constantes?...

...Deveríamos nós desistir, acaso,
de acreditar ou de insistir no possível
dos afetos, dos sonhos, das asas
e nos arrepender do vôo encantado?...

...Ou, simplesmente, vibrar e celebrar
as lembranças mais doces, memórias
dos olhares cintilantes e assombros
do prazer de habitar, por um tempo
mundos e jardins azuis compartilhados?..


[Ana Luisa Kaminski]