19 de dez de 2011

Os prós e os contras de ser amante

Entenda por que algumas mulheres aceitam ser "a outra" e veja como sair de uma situação assim


Aceitar ou não ser a outra?
Quando uma mulher se apaixona por um homem comprometido, de cara, tem que aceitar uma espécie de contrato: aceitar ou não ser a amante. "Pela minha experiência, as que se negam de imediato têm mais chance de ficar com o amado. As que dizem sim, na esperança de que um dia mudarão a situação, viram mesmo a segunda opção", diz a psicóloga Claudia Guglieri.

Se a mulher só quiser mesmo diversão, não terá grandes conflitos nessa hora. Mas se sonha com uma relação estável, a coisa complica. "Quando ambos estão satisfeitos, tudo bem. E se há expectativas frustradas, uma das partes sofrerá", assinala.

O lado bom e o ruim de ser amante
"Quando uma mulher aceita sair com um homem comprometido sabe dos prós e contras", diz Marcelo Puglia, autor de "Mulheres que se Apaixonam por Homens Comprometidos” (Ed. Madras, R$ 24,90). Cabe a ela avaliar o quanto isso pesará na sua vida emocional.

Prós
- independência
- possibilidade de sair com outros
- pouca ou nenhuma discussão, só divide os momentos bons
- comodismo, devido à falta de expectativas

Contras
- não pode telefonar quando quer
- não passa datas importantes ao lado do amado
- finais de semana solitários
- encontros clandestinos
- sofrer preconceito social

Por que elas vão atrás de homens casados?
Sexo
Muitas só querem mesmo saber "daquilo". Elas podem até ter outros parceiros também, mas adoram um casadão "bom de cama".

Solidão
Neste grupo estão as solitárias ou as que vivem relações frustradas. Ela busca no novo parceiro a atenção e o carinho. Não importa se o cara é casado ou não.

Defesa
São aquelas que optam por uma relação "impossível", porque já sabem que será difícil levá-la para frente. O motivo? O medo de se envolver, amar e sofrer.

Virilidade
Algumas creem que casados são melhores no sexo. Uma pesquisa americana revelou que eles são quatro vezes mais atraentes para as mulheres do que os solteiros.

Traumas
As que já passaram por uma relação infeliz, com pais ou amigos, creem que parcerias são assim mesmo, deficientes. E se conformam em embarcar em outras.

E a esposa dele?
Muitas amantes acham que a esposa é a verdadeira "outra", rotulando-a como submissa, covarde e até perversa. "A outra é a que não tem o amor e desejo do parceiro. O real, para elas, é o sentimento entre os amantes", diz a antropóloga Mirian Goldenberg, autora de "A Outra" (Ed. Edições BestBolso, R$ 9,90).

Há também as que sentem culpa e até solidariedade para com a traída. Mas, tal compaixão não abala sua consciência quando está com o parceiro: viver este amor vence o remorso.

A hora de dizer chega
Quem sofre no papel de amante vive a fantasia de que um dia será a parceira oficial de seu amado. Por isso, romper o sonho é o primeiro passo para se libertar do problema.

"Ao se recusar a prosseguir em tal posição, a vida melhorará. Seja porque forçará o homem a tomar uma decisão, que pode ser a de ficar com ela, seja porque, caso ele opte pela esposa, ela estará livre para viver uma relação de verdade", diz Claudia.


Por: Paula Aftimus
Fonte: VIVA!MAIS