19 de abr de 2011

O beijo - Antes, durante e depois da transa

Um beijo daqueles deixa qualquer mulher em brasa só de olhar. Pois você pode fazer ainda melhor. Basta seguir o nosso guia para ter a boca mais quente e desejada do planeta.

Muita gente acha que beijos são um ótimo começo para aquele sexo glorioso, mas acabam não dando tanta importância a eles quando a coisa esquenta para valer. O que é uma pena! Porque existem nos lábios milhares de terminações nervosas capazes de aumentar o tesão e fazer o casal quase perder o fôlego de tanto prazer. O alerta é da sexóloga americana Krisha Bloom, autora de um livro sobre o assunto. Resumindo, o que ela diz é: se você para de praticar, não sabe o que anda perdendo. Mas beijos não são todos iguais. O segredo está em descobrir o tipo de "boca a boca" mais excitante em cada etapa da transa. Sua sorte é que testamos todas as possibilidades e vamos dar a você agora, de mão beijada, um relatório completo. Daí é só experimentar.

Antes: Beijocas provocadoras

Acredite: o corpo pede aquecimento especial antes de ser consumido pelo fogo da paixão. Até porque, se você for com muita sede ao pote, seu homem pode ficar super-hiper-mega-aceso depressa demais. Em vez disso, excite as zonas erógenas dele, uma de cada vez, bem devagar, até deixá-lo indócil. São três etapas:

• Comece com beijinhos em todo o rosto do gato, menos nos lábios. Então, "desenhe" o contorno da boca com a ponta da língua. A essa altura, ele ficará maluco por um beijaço de verdade, mas calma. Não está na hora... ainda.

• Já é permitido boca com boca, só que nada de língua. Se ele tentar, afaste-se e comece tudo de novo. A enlouquecedora provocação está em dar prazer ao bonitão sem entregar tudo que ele quer.

• Agora pode sugar e mordiscar o lábio inferior do rapaz. Apostamos que ele vai retribuir com entusiasmo!

Durante: Quente, quase fervendo

Vocês já estão perto do ponto de ebulição. É o momento perfeito para um explorar cada centímetro da boca do outro sem restrições. Beijos apaixonados aumentam a pressão sanguínea e aceleram os batimentos cardíacos, caminho aberto para a excitação subir às nuvens e o orgasmo chegar. Veja as sugestões de sexólogos para beijos incendiários.

• Tire a roupa, peça para o seu homem sentar numa cadeira e vá para o colo dele. A ideia é ficarem frente a frente durante a penetração, de modo a se olharem antes de um beijo profundo. Mova a língua dentro da boca dele, repetindo o ritmo dos movimentos que fazem com os quadris.

• Varie a profundidade e a intensidade do beijo, gemendo de prazer. Então, comece a morder os lábios dele, como se quisesse devorá-los. O importante é manter seu amado em suspense, sem a menor pista do que você fará em seguida.

• Outra surpresa enlouquecedora: envolva a boca do gato com os lábios abertos, sugue e passe a língua em círculos exatamente como faz quando chupa um sorvete de casquinha.

Na hora do clímax: Feras à solta

Agora que o orgasmo se aproxima, deixe-se levar por seu lado selvagem. Se antes estava no controle da situação, é hora de seguir seu instinto. Apenas mantenha a boca colada à dele, porque esse contato e a troca de cheiros e sabores aumentam a sensação de intimidade e também a intensidade do orgasmo, segundo Krisha. Ela orienta:

• "Acariciar" o céu da boca do seu homem com a ponta da língua para a frente e para trás. É uma região raramente estimulada, e aí está o segredo das mulheres de lábios tórridos - elas sabem que são excitantes porque ousam despertar sensações surpreendentes e únicas.

• Com mordidas nos ombros, deixe-o perceber que está faminta pelo corpo dele. Prenda a pele entre os dentes, puxe um pouquinho, passe a língua em movimentos circulares e depois beije com vontade.

• Se estiverem transando frente a frente, dê um beijo de língua profundo e molhado no momento exato do orgasmo. Os dois vão ficar sem fôlego; é quase como morrer de paixão.

Depois: Fique (um pouquinho) fria

As mulheres costumam querer manter o fogo aceso depois do orgasmo, coisa que nem o mais incandescente dos homens consegue. Acontece que, neles, o clímax libera reações químicas que os deixam mais predispostos a uma boa soneca do que a beijos e abraços pós-sexo. Para prolongar o clima de intimidade que tanto deseja, é melhor:

• Beijá-lo bem de leve da cabeça aos pés. Deve ser um roçar de lábios carinhoso, e não sensual, para que ele não se sinta pressionado a retribuir e a iniciar um segundo round.

• Abraçá-lo por trás na posição colherzinha, acariciar seu cabelo (quase como se fizesse uma massagem lenta e relaxante) e beijá-lo (ou até mordê-lo) amorosamente na nuca.

• Quando estiver satisfeita e pronta para dormir, dê uma beijoca estalada na bochecha do seu amor. A mensagem será: "Foi bom demais!"

Caia de boca aqui também!

Estas regiões altamente sensíveis merecem a sua atenção!

O LÓBULO DA ORELHA

Seu homem vai ficar todo arrepiado se você beijá-lo e mordê-lo. E doidinho se passar a língua em volta e dentro - ainda mais se aproveitar para sussurrar no ouvido do rapaz o que quer fazer com ele.

O DEDO INDICADOR

Coloque o dedo indicador do amado na boca e chupe como faria (ou como costuma fazer) com o pênis.

OS MAMILOS

Os masculinos podem ser tão sensíveis quanto os nossos. Mas quase sempre são ignorados. É hora de corrigir essa injustiça e acabar com o desperdício: faça igual ao que ele faz com você.

CIÊNCIA SEXY

Por que os homens começaram a beijar de boca aberta? Para transferir para a mulher testosterona presente na saliva, estimulante do desejo, segundo estudo americano.

Fonte: Nova